Controle de pragas

Medidas adequadas adotadas pelos empreendimentos hoteleiros minimizam a visita desses pequenos intrusos

A menos que estejam entre as iguarias exóticas no cardápio do restaurante (e muitas vezes, nem assim), insetos não são bem-vindos em empreendimentos hoteleiros. Por isso, um controle adequado desses bichinhos é fundamental para manter a saúde de funcionários e hóspedes, além da boa imagem de meios de hospedagem de todos os portes e categorias, sejam urbanos, de praia, de campo ou de selva.

De acordo com o vice-presidente executivo da Associação dos Controladores de Vetores e Pragas (Aprag), Sérgio Bocalini, pragas urbanas são animais que infestam os mais diversos ambientes podendo causar agravos à saúde do homem ou de outros animais, bem como prejuízos econômicos.

Leia a matéria completa na página 44 da edição 388

 

 

Deixe uma resposta