Mantendo o controle

Como o trabalho estratégico com os PMS incrementa o resultado de seu hotel

Há tempos uma gestão inteligente de qualquer empresa significa a utilização da tecnologia dos softwares para automatizar certos processos e controles. De reservas ao estoque de produtos de limpeza e cozinha, tudo precisa ser minuciosamente controlado para que não haja nenhum furo na operação – e há um sistema para cada uma destas funcionalidades. Os chamados PMSs (Property Management System, sistema de gestão de propriedade, em inglês) trabalham o front desk, fazem o controle do inventário do hotel, governança e reservas. Eles podem ser desde um ERP (Enterprise Resource Planning, ou Sistema de Gestão Empresarial, mais complexo) até um simples software de recepção, que faz o controle de check-in e check-out, e permitem a integração com outros sistemas.Os sistemas não são nenhuma novidade para os hoteleiros, mas são constantemente aprimorados pelas empresas desenvolvedoras. “O básico da funcionalidade é controlar a disponibilidade dos apartamentos”, explica Marcus Moreira, CEO da CMCorp. Quanto mais completo o sistema for, melhor ele conseguirá integrar-se ao back office, PDV (ponto de vendas), financeiro, estoque, contabilidade, eventos e channel managers (gerenciadores de canais de distribuição, tanto online como off-line), fazendo com que o hoteleiro possa ter um panorama geral da operação de seu hotel. “É o ciclo da vida das informações dentro do empreendimento. O uso dos sistemas permite que você tenha os dados que precisa na ponta dos dedos”, diz o executivo.

Leia a matéria na íntegra na página 24 da edição 395.

 

Deixe uma resposta