Os congressos dos hotéis

Por Magdala Castro

Os congressos da classe hoteleira no Brasil começaram a ser realizados a partir da criação da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), em 1936. Denominados Congresso Nacional Hoteleiro e alterado anos depois para Congresso Nacional da Hotelaria, hoje é conhecido pela sigla: Conotel 

A primeira participação ativa da hotelnews nesses eventos foi em 1961, no 12º Congresso Nacional Hoteleiro em São Paulo. Naquela época, os congressos tinham como foco principal o congraçamento da classe. Era o momento esperado para o encontro anual de amigos e companheiros de todo o Brasil, que ali tinham a oportunidade de se rever e trocar ideias sobre as novidades do setor.

As reuniões de trabalho ocupavam um tempo durante os sete dias do evento, mas, na realidade, o que mais atraía os participantes era o programa social sempre alegre e animado. Eram almoços, jantares, visitas a fábricas de fornecedores, passeios aos pontos turísticos da cidade (os congressos eram até pouco tempo itinerantes).

Hoje, o Conotel tornou-se mais profissional e certamente dedica maior tempo às reuniões. Mas, em 1961, no congresso de São Paulo, o programa social foi tão intenso que tomou a maior parte dos dias, deixando as plenárias para o período da noite após o jantar. O auditório começou a ficar desanimado com a ausência de vários hoteleiros, cansados com a movimentação diária. Os presidentes da ABIH Nacional, Emilio Lourenço de Sousa, e da ABIH-SP, Waldemar Albien, que comandavam a programação, nos convocaram para que sugeríssemos algo que pudesse atrair maior audiência à sessão da noite. Recomendamos, então, que procurássemos os anunciantes da hotelnews para conseguirmos peças que seriam sorteadas nessas ocasiões.

Conseguimos a participação de muitos deles, como: Indústria de Tapetes Atlantica (ITA), Tabacow, Steatita, Wolf, Artex, entre outros, que ofereceram tapetes, jogos de cama e mesa, aparelhos de louça, bandejas e até um acordeon, oferta da Móveis Todeschini. No salão de recepção do evento montamos uma mesa com as peças oferecidas e cartazes anunciando que seriam sorteadas no auditório à noite. Foi um sucesso. Hoteleiros e seus acompanhantes passaram a comparecer em peso, atraídos com a animação e alegria dos sorteios.

No ano seguinte fizemos o mesmo durante a Convenção de Hotéis – RJ, em Petrópolis; e em 1963, no 13º Congresso em Salvador, transformamos o sorteio na I Exposição de Fornecedores da Hotelaria, nome que tempos depois mudamos para Equipotel – a maior feira de hotelaria da América Latina. Apesar das proporções que o evento tomou, nunca me esqueço do seu ‘embrião’ – o sorteio de brindes oferecidos pelos anunciantes da hotelnews.

 

 

Deixe uma resposta