Vidago Palace

Hotel ressurge renovado no ano do centeário

POR ALESSANDRA LEITE

Localizado no norte de Portugal, a uma hora de distância da cidade do Porto, em uma região conhecida como Trás-os-Montes, o Vidago Palace Hotel é um convite a arte do bem viver. As águas termais da cidade de Vidago, com conteúdo mineral elevado, sempre foram conhecidas pelas suas propriedades terapêuticas, e no final do século 19 foi descoberta pela aristocracia portuguesa a e europeia, que sempre apreciaram muito as curas termais.

O palácio é um refúgio em meio a um parque que abriga um admirável universo de fauna e flora, com árvores centenárias, alem de três fontes de águas minerais, duas das quais ainda ativas, onde é possível provar a água em pequena quantidade. Comercializada desde 1886, a água mineral Vidago, naturalmente gaseificada, é referência em sabor e pureza.

Depois de uma obra de renovação, que levou quatro anos, o hotel reabriu em outubro passado, exatamente cem anos após a sua primeira inauguração, em 1910. Para que o esplendor do edifício fosse preservado, os arquitetos mantiveram o estilo e a decoração Belle Époque, que podem ser observados nos 70 apartamentos, restaurantes, bar e no lobby, que destaca uma imponente escada dupla de madeira.

Contrastando com a arquitetura histórica do edifício, o hotel oferece um spa moderno, com terapias baseadas no conceito da aromaterapia que relaxam e revigoram o corpo e a mente. Totalmente remodelado, o novo campo de golfe, agora com 18 buracos, é considerado um dos melhores da Europa.

Mais informações, www.vidagopalace.com

Deixe uma resposta