Três perguntas para Michelle Woodley da Preferred Hotels & Resorts

Michelle Woodley é presidente da Preferred Hotels & Resorts e supervisiona vários departamentos da empresa, incluindo Vendas, Marketing, TI, Gestão de Receitas e Atendimento ao Cliente. Ao longo dos seus 

15 anos na companhia, ocupou cargos de liderança, como a vice-presidência sênior de Estratégia de Marketing global, a vice-presidência sênior de Distribuição e Gestão de Receitas e a vice-presidência executiva, cargo que ocupou antes de assumir a presidência em janeiro do ano passado.

 

1. Em 2018, a Preferred comemorou 50 anos. Conte a história da empresa e de que forma ela se diferencia dos outros selos.

Desde 1968, a marca é pioneira na hospitalidade independente, ajudando a desenvolver a autenticidade e o caráter local experimentado em nossas propriedades. Nas décadas de 1970 a 1990, ampliamos o marketing, as vendas e outros serviços à medida em que aumentamos o portfólio. Nos anos 1990, compramos outras empresas para garantir a subsistência da Preferred e promover a missão de hoteleiros independentes. A família Ueberroth assumiu o comando em 2004, levando a marca à expansão acelerada, marcando presença em mais de 30 novos países. Expandiu a equipe de vendas global e criou novas plataformas de tecnologia, serviços de distribuição, suporte de marketing, além do I Prefer, uma plataforma de fidelidade baseada em pontos para ajudar os hotéis independentes a competirem com as cadeias globais. Embora exijamos que cada propriedade membro cumpra com os padrões de excelência da nossa marca, celebramos a individualidade de cada um e os incentivamos a implementar sua própria estética. A proposta de valor da Preferred também distingue-se de outros selos e soft brands na amplitude de hotéis disponíveis, possibilitada pela arquitetura única da nossa marca. 

 

2. Em 2015, houve um reposicionamento da marca e vocês criaram cinco coleções. Poderia falar a diferença entre elas e o por que decidiram criá-las?

Em 2015, nosso CEO Lindsey Ueberroth liderou uma mudança significativa em nossa abordagem ao mercado, criando uma marca mestre com cinco coleções focadas em experiência que permitem ao hóspede escolher o nível de luxo que atende às suas necessidades. A coleção Connect é um portfólio internacional de hotéis que conectam viajantes a parceiros de negócios, amigos, familiares e bairros interessantes. A Lifestyle oferece autêntica hospitalidade e é nosso portfólio mais amplo em termos de tipos de hotéis. A L.V.X. apresenta propriedades requintadas, que proporcionam uma experiência de luxo com serviço personalizado. A Legend é uma super exclusive de propriedades icônicas nos melhores destinos com experiências imersivas. A Preferred Residences é uma coleção de residências que combinam o espaço, a privacidade e a flexibilidade de uma casa com os luxos e as conveniências de uma estada em hotel.

 

3. A Preferred tem somente dez propriedades no Brasil. Quais são os planos de crescimento aqui?

Desde que entramos no Brasil, em 1999, o país tem sido nosso principal mercado na América do Sul. Nossa estratégia de desenvolvimento de marca em toda a região – e no mundo – é definida por qualidade e não por quantidade. Sabemos que três de quatro brasileiros do segmento de luxo preferem hotéis e resorts em relação a residências particulares, o que é outro motivo pelo qual estamos concentrando tanta atenção no mercado. Queremos expandir nosso portfólio brasileiro em mercados-chave, como Rio de Janeiro e São Paulo, bem como marcar presença pela primeira vez em cidades como Salvador e Curitiba. Além disso, acredito que a eliminação de vistos de turismo para cidadãos americanos é um passo positivo em direção ao crescimento. Possuímos uma grande base de clientes norte-americanos e essa flexibilização contribuirá para aumentar o volume de viagens para a região.

Deixe uma resposta