The Dolder Grand: Arte e Modernidade

Uma mescla de passado e futuro em Zurique

POR ALESSANDRA LEITE

Considerada uma das cidades com melhor qualidade de vida do mundo, Zurique é também uma metrópole vibrante e surpreendentemente boemia. Apesar de ser a maior cidade da Suíça, é possível explorar a pé o centro histórico e comercial. Um dos passeios indispensáveis começa na Estação Central, onde nasce a artéria principal, famosa pelas lojas luxuosas das mais conceituadas grifes internacionais, a Bahnhofstrasse. Esta avenida prolonga-se até o lago e no caminho uma parada obrigatória, e igualmente deliciosa, é a Confiserie Sprüngli – uma confeitaria familiar fundada em 1836 e que faz sucesso entre os turistas e locais com seus chocolates e macarrons.

Em meio a essa paisagem e com uma magnífica vista de Zurique, do lago e dos Alpes, o The Dolder Grand esbanja bom gosto e modernidade em todos os seus ambientes. Localizado no alto de uma colina e rodeado por uma vegetação exuberante, este resort urbano é o lugar perfeito para quem procura tranquilidade e exclusividade a apenas dez minutos do centro da cidade.

Reaberto em 2008, após uma reforma milionária que durou quatro anos, o The Dolder Grand é uma obra prima de sofisticação e elegância. Este refinamento se repete no serviço, resultando em uma atmosfera intimista e aconchegante. No projeto de renovação e ampliação, os arquitetos combinaram harmonicamente a histórica construção de 1899, que lembra um castelo, com a moderna arquitetura curvada dos dois novos prédios denominados “wings” (asas). Os três edifícios organicamente interligados formam uma perfeita fusão entre passado e futuro.

Uma coleção com mais de cem obras de arte de renomados artistas está espalhada por todo o hotel. A aquisição mais recente foi a Big Retrospective Painting, de Andy Warhol, um dos maiores representantes da pop-art. Esta tela de dez metros de comprimento ocupa posição de destaque no lobby, acima do front desk. Outra obra importante é a pintura Femmes Métamorphosées – Les sept arts, do famoso pintor catalão Salvador Dalí, que decora a entrada do The Restaurant.

Para a hospedagem, o resort oferece 173 quartos e suítes individualmente planejados e decorados com a proposta de criar um ambiente funcional e confortável. Produtos da empresa dinamarquesa Bang & Olufsen – ícone mundial em design, tecnologia de ponta e qualidade no segmento de áudio e vídeo – estão presentes nos apartamentos, como a TV de tela plana com CD/DVD acoplados e controle remoto multifuncional Beo5 que também aciona as cortinas e controla a iluminação e a temperatura do ambiente.

O The Restaurant é um autêntico e inovador representante da alta gastronomia suíça que possui duas estrelas Michelin e 17 pontos no Gault Millau, o mais renomado guia francês de restaurantes. Mais informal, porém igualmente convidativo, o Garden Restaurant serve o café da manhã e rápidas refeições com toque suíço.

O resort também ganhou um enorme e bem equipado spa inspirado em terapias europeias e japonesas. Instalado em área de 4 mil m2 dedicada à saúde e ao bem estar, o spa dispõe de espaços separados para mulheres e homens com saunas seca e à vapor, banhos de imersão aromáticos e escalda-pés. A piscina coberta e a hidromassagem ao ar livre fazem parte de uma área chamada Aqua Zone de onde se descortina uma vista panorâmica da cidade e da natureza, ideal para relaxar. O spa ainda oferece uma sala para meditação e o Sunaburo – banheiras com seixos aquecidos que induzem a um relaxamento profundo quando se deita sobre eles. Um campo de golfe de nove buracos, cinco quadras de tênis e uma pista de patinação no gelo também estão disponíveis para os hóspedes.

Mais informações: www.thedoldergrand.com

Deixe uma resposta