Telefonia

Era IP e wireless dão mobilidade a equipamentos e usuários

Poucos aparelhos agregaram multifunções tão rapidamente quanto os telefones na última década. É quase impossível pensar que por longos anos as mudanças se concentraram em modelos e cores. A troca do disco para tecla (com opções dial e ton) e daí para o touch screen parece ter demorado uma eternidade.

Duas tecnologias relativamente recentes – IP (Internet Protocol) e wireless – são definitivamente o grande avanço da tecnologia e grandes aliados dos seus usuários e prestadores de serviços. Falando particularmente pelos benefícios para a hotelaria a grande vantagem é a série de funções e serviços agregados aos aparelhos usados tanto pelos gestores e colaboradores dos empreendimentos, como para os seus hóspedes. A voz deixou, assim, de ser o único meio de comunicação possível através dos aparelhos telefônicos.

Pelos canais de comunicação atuais, colaboradores podem ser localizados por suas gerências de área, e serviços mais rapidamente demandados e atendidos. Os sistemas de hoje também permitem agregar em um único aparelho comandos de TV e som, de abertura e fechamento de cortinas e até de aquecimento de pisos e água das banheiras.

Luiz Villela, diretor no Brasil da área de Desenvolvimento de Negócios da Nec, um dos maiores provedores mundiais de internet, rede de banda larga e soluções comerciais corporativas, lembra que dependendo da negociação com provedores locais os hotéis podem oferecer aos seus hóspedes a possibilidade de agregar no aparelho usado um número pessoal ou corporativo para facilitar a consulta remota de dados e permitir que os gastos, por exemplo, sejam enviados diretamente para a conta da empresa. “A Nec se sente muito orgulhosa em contribuir, também no Brasil, para o desenvolvimento da área de comunicação no segmento hoteleiro, um dos que mais cresce e se desenvolve no País”, afirma Villela. “As empresas estão investindo cada vez mais em integração de soluções de tecnologia, pois nos dias de hoje é necessário possuir uma infraestrutura completa de comunicação para garantir a continuidade das operações do mercado. Acreditamos na evolução dos sistemas unificados, o que deverá potencializar a disseminação da comunicação, com baixos custos e alta velocidade”, analisa.

O Hotel boutique The Palms, da rede Royal Palm Hotels, em Campinas (SP), já migrou todo seu sistema de comunicação para a tecnologia IP. De acordo com Rafael Lima, chefe de informática do complexo Royal Palm Plaza, a plataforma atende as necessidades do sistema de ramais do hotel, proporciona redução de custos com telefonia e, ainda, customiza serviços, já que as funções podem ser adequadas à demanda de cada cliente. Isso aumenta a interação com o hóspede e facilita os serviços prestados pelo hotel. “Os terminais nos permitem saber se há contas abertas em todos os pontos de vendas do hotel, se há algum pedido ainda não entregue ou outras informações sobre o hóspede. Além disso, o sistema aumentou a comodidade do cliente por meio de serviços, como agenda e recados eletrônicos pelo telefone”, ressalta.

O projeto contou com a implemetação de 150 aparelhos, com telas de três a nove polegadas e sensíveis ao toque. As funções são diversas e incluem serviços extras de informações como, vagas do hotel, cotação do dólar e previsão do tempo para os empresários, entre outras. Já nos terminais localizados nos apartamentos, o sistema é mais simples e voltado para facilitar as operações do usuário. Em vez de lidar com os botões de várias funções, ele solicita a pesquisa ou serviço ao atendente.

Segundo o gerente de tecnologia do Grupo, Alessandro Ortolani, as possibilidades são tantas que nem todas as opções estão sendo utilizadas. “Como ainda estamos no início da operação, a prioridade foi ativar as funções básicas, mas nosso objetivo é explorar cada vez mais a tecnologia. Já acionamos um sistema no telefone da recepção que permite a identificação da linguagem e o nome dos ocupantes do apartamento, por exemplo. Assim, a recepcionista tem como se dirigir ao cliente sabendo em que língua deve falar”, conta.

Desde que foi aberto, há seis anos, o Sofitel Jequitimar, no Guarujá (SP), já dispõe de telefones sem fio nos quartos, e quem mais se beneficia desse diferencial, segundo o coordenador de TI do hotel, Milton Kawamoto, são as famílias que viajam acompanhadas de crianças. “Os filhos podem se deslocar por qualquer área do hotel e serem facilmente localizados, o que é, sem dúvida, um conforto a mais para os pais”, afirma.

Deixe uma resposta