Shift MC higieniza frotas com bio sanitarização

Com o objetivo de manter a segurança dos passageiros, a Shift Mobilidade Corporativa, que trabalha no transporte de passageiros para eventos e no setor de aviação executiva, passa a utilizar a bio sanitarização nos protocolos de higienização de toda sua frota própria. Esse método faz a descontaminação e elimina do ambiente fungos, bactérias ou vírus, incluindo a Covid-19,  por até 90 dias. A medida complementa as medidas preventivas que já estavam sendo adotados  pela empresa desde o início da pandemia.

O Microbiac (produto da fabricante Ava-Tech) cria uma fina névoa seca e adere ao local aplicado criando uma película protetora. Esse produto já está registrado e notificado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e no Ministério da Saúde. Em nota, a Shift MC afirma que promoverá rígido controle de higienização antes e depois de cada serviço prestado em seus 100 veículos, entre carros, vans, minivans, micro-ônibus e ônibus.

O sócio-diretor da companhia, Alexandre Pinto, ressalta as ações do negócio para manter a segurança dos passageiros. “Nossa empresa sempre priorizou trabalhar com veículos próprios, o que nos garante maior controle operacional, eficiência de manutenção e padronização dos produtos oferecidos aos clientes. Implementar todos os protocolos de segurança por conta da pandemia, quando se tem gestão total da frota é muito mais eficaz e garante a segurança que nossos clientes exigem”, destaca.

Veja outras medidas de prevenção da Shift:

Higienização intensa e minuciosa de todos os veículos: filtros de ar, cintos, bancos e maçanetas são limpos antes e depois de cada viagem

– Disponibilização de máscaras de proteção, luvas e álcool 70% em cada um dos veículos, para motorista e cada passageiros;

– Distanciamento social garantido por meio do bloqueio de assentos em veículos como vans, micro-ônibus e ônibus (as poltronas vermelhas ficam, obrigatoriamente, vagas);

– Manutenção dos vidros e alçapões basculantes entreabertos durante os trajetos, deixando o ar circular;

– Instalação de escudo PETG de proteção em automóveis sedans, a fim de evitar contato direto entre motorista e passageiros.

Com as mudanças que estão acontecendo com os protocolos de higienização em diversos setores da economia, a empresa acredita que mesmo com o fim da pandemia, os processos continuarão existindo. “Estamos aprendendo e incorporando novos hábitos diariamente, graças à capacidade de adaptação que os seres humanos possuem frente a adversidades. Os negócios também estão se adaptando a esse novo comportamento e criando procedimentos que vieram para ficar”, conclui o sócio-diretor.

Deixe uma resposta