Ser resiliente para superar as adversidades e manter o equilíbrio na pandemia

Há períodos na vida em que é preciso parar, fechar os olhos e respirar fundo. Temos desafios diários, alguns menores outros maiores e uns poucos que tomam proporções inimagináveis. O momento atual se enquadra no terceiro tipo. Vivemos uma crise que se instalou em todas as partes do planeta causada por um inimigo invisível. Um vírus que ceifa vidas e destrói negócios, que não vê cor, credo ou posição social, mas que não pode acabar com a nossa esperança.

Nesse momento, “tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo”, como dizia a canção de Walter Franco. Tempos difíceis podem nos ensinar a criar novas estratégias, pensar diferente, fazer aflorar a empatia e desenvolver a resiliência. O segredo é lidar com os problemas, superar os obstáculos sem ceder à pressão.

Para isso, há disponível uma série de ferramentas de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal, como a Inteligência Emocional, a Psicologia Positiva e o Mindfulness – técnicas diferentes, mas intimamente ligadas – que podem e devem ser aplicadas na hotelaria. São práticas que não vão acabar com os problemas do mundo, mas que podem auxiliar os profissionais a passar por esse momento complicado com leveza e ter mais força e determinação para a hora da retomada. Como diria o escritor Robert Schuller: “os problemas não são sinais de parada, são diretrizes”.

Leia a matéria completa na edição 414 (aqui) ou no nosso app, disponível para download na Apple Store e no Google Play

Deixe uma resposta