RN tem alta de 169% na malha aérea e lança nova campanha

O turismo do Rio Grande do Norte já apresenta sinais positivos de retomada. De acordo com dados da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac), a malha aérea do estado apresenta um crescimento de 169%, analisando os meses de julho a outubro. A oferta atual de voos do Estado já corresponde a 63% do planejado no pré-pandemia para o próximo mês, considerando apenas os voos domésticos.

A partir de outubro, o Estado estará conectado aos principais aeroportos do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do Brasil, com ligações diretas de Fortaleza, Salvador, Recife, Rio de Janeiro (Galeão), São Paulo (Guarulhos) e Brasília. As companhias Gol, Latam e Azul retornaram e ampliaram as operações. O Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves também volta a receber o voo entre Natal e Lisboa, com aproximadamente 50% da malha programada para este período antes da pandemia.

Para a secretária de turismo do Estado, Ana Maria da Costa, este é o momento de investir em promoção. “Destinar recursos para a divulgação do Rio Grande do Norte é fundamental e no governo da professora Fátima Bezerra foi possível incluir o turismo no orçamento estadual. Estamos confiantes na retomada deste setor que movimenta uma cadeia de 52 segmentos e emprega milhares de pessoas”, afirma.

Neste sentido, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur) e da Empresa de Promoção Turística Potiguar (Emprotur), lançou a campanha Visite Rio Grande do Norte. A ação de marketing faz parte do Plano de Retomada Turística apresentado em junho e enfatiza as estratégias colocadas em prática para a segurança do turista e dos moradores, além dos atrativos do território potiguar.

As diretrizes da campanha são embasadas por pesquisas realizadas pelo setor de Inteligência da Emprotur. A percepção de como o fluxo turístico se movimenta neste momento de retomada avalia transformações estruturais, como a alta demanda pelo turismo doméstico e viagens de curta distância, além da busca por destinos baseados em atrativos naturais e seguros. Neste sentido, o Visite Rio Grande do Norte dá ênfase ao público local, regional e aos principais emissores a nível nacional.

“Muitos operadores já destacam que o Rio Grande do Norte tem encabeçado a procura dos turistas nesta etapa do retorno das viagens. O que queremos com a campanha é comunicar de modo efetivo os nossos atrativos, o que estamos fazendo para resguardar a saúde do turista e por que ele deveria nos visitar. Além de destacar nossos destinos mais vendidos, buscamos também estimular a interiorização turística, dialogando com os interesses de cada segmentação da campanha”, explica o presidente da Emprotur, Bruno Reis.

Deixe uma resposta