Portugal cria plano com foco no turismo sustentável

O Turismo de Portugal apresentou o Plano Turismo + Sustentável 20-23, que contempla quatro eixos estratégicos. O objetivo é estruturar uma oferta cada vez mais sustentável, qualificar os agentes do setor e promover Portugal como um destino sustentável, incluindo o monitoramento das métricas de sustentabilidade no segmento.

As metas a serem alcançadas até 2023 incluem uma alta de 50% de empreendimentos turísticos com sistemas de eficiência energética, água, gestão de resíduos e eliminação de plástico de uso único pela metade. Além disso, o plano prevê 25.000 adesões ao selo Clean & Safe, formação de 50.000 profissionais nas áreas da sustentabilidade e 500 referências internacionais sobre a oferta sustentável no país.

“Este plano é um referencial estratégico, participativo e dinâmico e que prova o pioneirismo de Portugal na mudança para um mundo melhor. O objetivo é reforçar uma das principais metas da estratégia turística: de afirmar o país como um dos destinos mais competitivos, seguros e sustentáveis do mundo”, disse Rita Marques, secretária do Estado de Turismo.

O plano abrange mais de 70 projetos e ações, que visam contribuir para a resposta do turismo à urgência dos desafios da sustentabilidade definidos em escala mundial, europeia e nacional, alinhados com os objetivos da Estratégia Turismo 2027 e da política de retoma do setor pós-Covid. Foi criado ainda um protocolo com o Fundo Ambiental para incrementar as competências dos profissionais do turismo, alavancar iniciativas e dinâmicas já existentes e dar visibilidade às boas práticas.

Em parceira com AHRESP, Universidade Nova de Lisboa, Federação Portuguesa de Golfe, Conselho Nacional da Indústria de Golfe e Travel Without Plastics, foram elaboradas seis ações dentro do protocolo para serem executadas que são:  reeducação para a restauração circular e sustentável, práticas da economia circular nos destinos turísticos do litoral, neutralidade carbônica nos empreendimentos turísticos, construção sustentável em empreendimentos turísticos, eficiência hídrica nos campos de golfe em Portugal e redução do plástico na hotelaria.

Confira o vídeo do projeto:

Foto de capa: António Francisco Calado/ Pixabay

Deixe uma resposta