Motéis reforçam processos de higienização e segurança

Diante das novas necessidades, os motéis intensificaram os processos de higienização e limpeza de suas suítes e áreas comuns. A Associação Brasileira de Motéis (ABMotéis) reforçou os protocolos para que eles ficassem mais evidentes ao público e ainda criou uma série de manuais e diretrizes a respeito das boas práticas de higiene e limpeza, questões tributárias e de recursos humanos. 

“Já éramos um ambiente muito rígido quanto à limpeza e hoje asseguramos isso ainda mais”, comenta Felipe Martinez, presidente da ABMotéis. Além de processos e controles rígidos, os motéis utilizam produtos químicos de linha profissional para esterilizar e desinfetar todas as superfícies, hidros e demais áreas das suítes. “A maioria utiliza aparelhos de ozônio durante a higienização de cada unidade, prática muito comum no setor nos últimos anos”, ressalta Martinez. 

A associação também fez uma parceria com a Bureau Veritas, empresa global de certificação, que visa fornecer aos motéis associados a certificação que garante que o local segue todas as medidas necessárias de higiene, limpeza, qualidade e segurança e a adoção de um manual sobre a Covid-19.

Além de disso, os motéis também estão aderindo à tecnologia para realizar as reservas antecipadas, pagamentos através de aplicativos e o auto atendimento, como check-in, check-out, pedidos, filmes sob demanda, entre outros. 

Deixe uma resposta