Moradores de Santo André (BA) são contra festas de Réveillon na região

Em comunicado, os moradores do vilarejo de pescadores de Santo André, localizado no sul da Bahia, se manifestaram contra os projetos de festas de fim de ano na região, promovidas pela empresa MC Connections, do Rio de Janeiro. Mesmo sem autorização das secretarias de Saúde e de Meio Ambiente de Santa Cruz Cabrália, foi iniciada a venda de ingressos para seis festas, que pretendem reunir cerca de 800 pessoas em cada evento, todas durante o Réveillon.

Estamos em uma cidade que não tem hospital em funcionamento. Utilizamos o hospital municipal de Porto Seguro, onde a  UTI já está lotada”, afirma Lea Penteado, vice-presidente do Conselho de Turismo de Santa Cruz Cabrália. “Do jeito que anda o movimento do vírus, creio que o bom senso manda continuar nesse clima. E com a comunidade unida de uma forma jamais vista, acredito que vamos mais do que vencer o vírus. Vamos nos livrar do que pode ser um grande problema para os moradores e turistas que amam e respeitam a vila”. 

Em abril, a comunidade local levantou quase R$ 40.000,00 reais para comprar e distribuir cestas básicas aos trabalhadores da praia, que ficaram sem a renda obtida com turistas das escunas e chalanas.

Deixe uma resposta