Mandarin Oriental Macau

Recém inaugurado, hotel é uma das estrelas do moderno complexo One Central

Macau ainda é visto apenas como um exótico enclave português na Ásia. Colonizada e administrada por Portugal por mais de 400 anos, em 1999, a cidade passou ao controle chinês e hoje é considerada uma Região Administrativa Especial (RAE) que mantém um governo próprio. É formada por duas ilhas Taipa e Colane e a Península de Macau.

A cidade guarda muito da cultura lusitana, principalmente na arquitetura e nas ruas com placas em português. No continente fica a área que foi transformada em Patrimônio Histórico Mundial pela Unesco, onde está localizada uma das construções históricas mais famosas, as ruínas da igreja de São Paulo.

Um lugar em franco progresso que soube conservar o charme de suas memórias europeias. Atualmente, Macau experimenta um acelerado crescimento econômico com base no desenvolvimento de duas atividades importantes: o jogo e o turismo.

Inaugurado no fim de junho, o Mandarin Oriental desponta como referência na hotelaria de luxo da cidade. Situado na Península de Macau, em posição previlegiada, com vista panorâmica para a Ilha de Taipa, o hotel faz parte do One Central – um moderno complexo que também abriga luxuosos apartamentos e um shopping recheado de prestigiosas marcas de luxo.

Além de elegantes e confortáveis, os 213 apartamentos oferecem o que há de mais moderno em tecnologia. Como em todos os hotéis do grupo, observam-se a atenção aos detalhes, o atendimento impecável e a preocupação com o bem estar dos hóspedes.
Mais informações: www.mandarinoriental.com

Deixe uma resposta