Gramado Parks anuncia construção de parque aquático e resort em Pernambuco

Em expansão, a Gramado Parks anunciou a construção de um parque aquático e um resort na Praia dos Carneiros, localizada no  município de Tamandaré, em Pernambuco. A empresa hoje é responsável por atrações turísticas como o Snowland, em Gramado (RS), e a roda-gigante Rio Star (RJ).

O parque será construído em uma área total de 159,5 mil metros quadrados e começa a funcionar em 2022, com expectativa de receber mais de 286 mil visitantes em seu primeiro ano, e quase triplicando este número até 2029. Nomeado de Acquaventura, a atração terá personagens próprios e storytelling baseado em elementos históricos de Pernambuco, além de apelo ecológico inspirado em atividades ligadas ao rio, ao mar e à mata da região. Tudo acontecerá ao redor de um elemento central de destaque, a Árvore da Vida, que poderá ser vista à distância.

O novo parque vai gerar mais de 250 empregos diretos e 750 indiretos ao longo de sua construção, priorizando a contratação de mão de obra local. “Nossa empresa se destaca por desenvolver os destinos onde se instala e promover o crescimento sustentável, além de ser reconhecida pela sua excelência no atendimento”, comenta o presidente da Gramado Parks, Anderson Caliari. “Com a Praia de Carneiros não será diferente e estamos muito felizes em poder fazer parte da história de um lugar tão especial e paradisíaco”.

Já o resort ocupará um terreno de aproximadamente 88 mil metros quadrados, gerando mais de 300 empregos diretos e outros 300 indiretos considerando o início das operações. O projeto tem inspiração arquitetônica na Polinésia e será executado em duas fases, sendo a primeira com 414 apartamentos, com previsão de entrega em dezembro de 2024, e na segunda fase serão mais 414 acomodações, que começam a funcionar no final de 2025.

A unidade hoteleira será construída de frente para o mar e, assim como o Parque Acquaventura, seguirá o conceito de empreendedorismo consciente da Gramado Parks. No projeto haverá preservação de uma área ambiental de mais de 9 mil metros quadrados, reuso de água de chuva, utilização de energia fotovoltaica, iluminação com lâmpadas de LED e áreas permeáveis. Além disso, o empreendimento terá a certificação LEED – Green Building, que atesta a construção sustentável com redução de consumo de energia e água, geração de resíduos e impactos no meio ambiente.

Deixe uma resposta