Governo do estado autoriza reabertura de restaurantes na fase amarela do Plano São Paulo

O governador João Doria autorizou ontem, dia 5, a reabertura de restaurantes e padarias com funcionamento limitado até às 22 horas. Para voltar a funcionar, os estabelecimentos devem estar localizados em regiões que estejam na fase amarela do Plano São Paulo há pelo menos duas semanas consecutivas.

Apesar da reabertura, o consumo local continua permitido apenas em locais arejados ou que estejam ao ar livre, e que tenham mesas e cadeiras suficientes para atender a todo o público. Para evitar aglomerações, os estabelecimentos devem trabalhar com 40% da capacidade dos assentos, funcionando por até 6 horas diárias (que podem ser consecutivas ou não) e seguindo os protocolos específicos para o setor, que incluem o uso de máscaras em todos os ambientes – retiradas apenas no momento da refeição.

“Depois de rigorosa análise, o Centro de Contingência constatou que não houve impacto negativo dos indicadores epidemiológicos com a retomada gradual do consumo em restaurantes em regiões que estão na fase amarela do Plano São Paulo. Por isso, o governo do estado autoriza a abertura de restaurantes, padarias e estabelecimentos de alimentação até às 22 horas”, disse Doria.

O secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz, destacou que o setor de bares e restaurantes foi muito consciente de suas responsabilidades sobre os protocolos e em atender as regras do Plano São Paulo.

“É um setor que gera muitos empregos em nosso Estado. Com a permissão de ampliação do funcionamento, observando as regras de ocupação e os outros protocolos de segurança, certamente voltará a ocupar uma boa parte de sua mão de obra”.   

Deixe uma resposta