GJP Hotels faz parceria com hospital Sírio- Libanês para validar protocolos de biossegurança

A GJP Hotels fechou um acordo com o hospital Sírio-Libanês, localizado em São Paulo, para definir e validar os novos protocolos de biossegurança por meio de uma consultoria.  O hospital fará a auditoria dos novos padrões de higiene, desinfecção e segurança em todos os hotéis da rede GJP.

Com um investimento de R$ 3 milhões para implementação do projeto, a parceria procura fortalecer o padrão de qualidade de atendimento na rede, através da supervisão de uma instituição médico-hospitalar reconhecida. Após a validação, a GJP Hotels poderá atuar na retomada de seus serviços, proporcionando segurança e bem-estar aos hóspedes por meio da prática da reabertura consciente e responsável.

A consultoria realizada pelo hospital oferecerá suporte e planejamento, além do diagnóstico e revisão dos fluxos e processos dos serviços oferecidos nos hotéis. Além disso, estão inclusos também um trabalho de capacitação das equipes de funcionários e auditoria dos novos protocolos para garantir a certificação. De acordo com o comunicado, o foco do trabalho será a proteção dos possíveis riscos de contato e exposição para não haver nenhum tipo de contaminação nas acomodações.

“A saúde e segurança e o bem-estar dos hóspedes são uma prioridade em nossos hotéis. Mais do que adotar medidas próprias, optamos por investir no assunto com profundidade, mesmo atravessando esse momento desafiador do turismo, através da contratação da consultoria exclusiva do Sírio-Libanês, uma instituição de excelência na área hospitalar, para garantir realmente que somos uma referência máxima em biossegurança na hotelaria”, afirma o CEO da GJP Hotels & Resorts, Fabio Godinho.

Novos tempos pedem novas medidas

Manter a limpeza dos ambientes em altíssimo nível. Essa é a proposta da consultoria. Por isso, os protocolos estabelecidos pelo centro hospitalar incluem uma lista de medidas de higienização para a desinfecção completa de áreas comuns e apartamentos e um protocolo de ações entre as pessoas que circulam nos hotéis.

Também fazem parte do projeto ações como a utilização de itens descartáveis, distanciamento mínimo entre mesas e cadeiras nos bares, restaurantes e área da piscina além da disposição de toalhas. Em vários pontos dos hotéis haverá dispensers de álcool em gel e máscaras para atender a todos os hóspedes, além de equipamentos de proteção individual para funcionários. Também serão adotados novos protocolos para circulação e contato social, limites na taxa de ocupação e uma comunicação clara e efetiva para todos sobre os novos protocolos de limpeza e convívio.

“Acreditamos que o turismo vai retomar suas atividades aos poucos e, dentro do chamado ‘novo agora’, os protocolos de biossegurança se tornarão fator determinante para a confiança da maioria dos hóspedes. Estaremos prontos para atender todos os perfis de turistas na reabertura – desde os que viajam sozinhos, em grupos e em família, até os que participam de eventos corporativos”, reforça Fabio Godinho.

LEIA TAMBÉM:

Como escolher o protocolo de segurança e higienização mais adequado para o seu hotel

Cuidados redobrados: os novos protocolos e segurança e higienização

Deixe uma resposta