Viajantes terão novas regras com o fim da pandemia, diz análise

Erik Sadao, da Sapiens Travel e ex-Teresa Perez Tours, lançou uma versão atualizada do e-book com possíveis tendências do Turismo na pós-crise do coronavírus. O material reforça o argumento de que nada na indústria será como antes e o viajantes, provavelmente, terão que obedecer novas regras.

“Medidas de vigilância extrema, que surtiram efeitos em alguns países da Ásia, como o uso de máscaras em espaços públicos e o monitoramento das pessoas, utilizando tecnologias de geolocalização, a partir dos celulares, começaram a ser adotadas no ocidente, dando as primeiras pistas de regras que podem ser impostas aos viajantes da próxima década”.

O texto faz ainda um alerta para a questão das fronteiras internacionais e a possibilidade de não serem permitidas as viagens numa época importante, que é o verão europeu.

“O anúncio da extensão das medidas de lockdown em cidades do mundo todo, a falta de horizontes no controle da crise nos Estados Unidos e no Brasil e a recente sinalização da comunidade Europeia de que, possivelmente, as fronteiras da área de Schengen permaneçam fechadas até setembro, deixam claro que não haverá verão, no hemisfério norte, para visitantes brasileiros, como desejava a indústria do turismo. E há enormes incertezas, também, em relação ao inverno”, afirma Sadao.

Clique aqui para baixar o e-book.

Deixe uma resposta