E-Governança

EVENTO REUNIU PROFISSIONAIS DA HOSPITALIDADE EM SÃO PAULO

Os olhos e ouvidos atentos aos mínimos detalhes nos quartos de hóspedes e pacientes se voltaram para os palestrantes, em novembro. Governantas, supervisores de andar, camareiras, gerentes de serviços gerais se reuniram na cidade de São Paulo para discutir os caminhos da profissão durante o 1º E-Governança (Encontro Nacional de Governança no Setor de Hospitalidade) promovido pela Editora EP3G, organizada pela Pronetto (Programa Nacional de Eventos e Treinamentos em Turismo) e com apoio da revista “Hotelnews”.

“Trata-se de um evento com relevância ímpar para o setor, já que possibilita tanto a educação continuada dos integrantes como a troca de experiência de participantes de uma área com grande visibilidade frente ao cliente”, disse Silvana Torres, enfermeira formada pela USP, com especialização em administração hospitalar e controle de infecção hospitalar, que falou sobre os mitos e verdades das infecções nesses estabelecimentos.

Para uma plateia composta 99% por mulheres, a especialista discorreu sobre os riscos e as formas de limpar os ambientes para evitar contaminações nos hospitais. Enfatizou que os profissionais devem adotar medidas para preservar o meio ambiente, utilizando menos produtos químicos. “As pessoas acham que jogando mais desinfetante o paciente está livre do risco de infecções e isso é falso. A sujeira não é a maior responsável pela contaminação e produtos para desinfetar devem ser usados com muito critério”, afirmou.

Sônia Watanabe, mestre em Hospitalidade, especialista em gestão de saúde e tecnóloga em hotelaria, ministrou a palestra sobre a aplicabilidade da matriz de conforto na hospitalidade, que abordou o uso correto das cores, da decoração, da iluminação, da temperatura, entre outros, para proporcionar mais conforto ao hóspede. Com cases da hotelaria nacional e internacional, a especialista deu diversas dicas aos participantes.

Marília Paiva, assistente de Governança do Sofitel São Paulo, gostou muito da palestra, “sou uma pessoa muito detalhista e esse tipo de informação é importante, ainda mais para mim, que sou nova no cargo”, atestou.

“O evento atingiu seu propósito, que era o de reunir um bom número de profissionais dos setores da hospitalidade”, disse o coordenador, Pedro Luiz Timotheo ao avisar que já está em contagem regressiva para o Prêmio Chave de Ouro da Hospitalidade, um reconhecimento às empresas e às personalidades que se destacaram, no último ano, no mercado e na divulgação de reportagens deste segmento. A entrega deverá acontecer em abril de 2010.

Deixe uma resposta