Dez anos de Prêmio Caio

EDIÇÃO TOTALIZOU 193 CASES INSCRITOS, ENTRE DESTINOS, RESORTS, HOTÉIS, CENTROS DE CONVENÇÕES E EMPRESAS DE EVENTOS DE TODO O BRASIL.

Realizada pela primeira vez em uma única noite, e na Sala São Paulo, na capital paulista, a cerimônia de entrega do Prêmio Caio prestou sua tradicional homenagem aos destaques do ano entre destinos, resorts, hotéis, centros de convenções e empresas de eventos de todo o Brasil. A premiação, realizada há dez anos por iniciativa da Revista Eventos, dirigida por Sérgio Junqueira, teve nesta edição um recorde de cases inscritos – 193 contra 163 em 2008 e também de jurados habilitados, que totalizaram 308 profissionais, contra 250 no ano anterior. Além de premiar com os jacarés de ouro, prata e bronze os cases vencedores nas categorias de serviço e eventos, a edição comemorativa teve como homenageados especiais o secretário de Turismo de Natal, Soares Junior, e o presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Carlos Nuzman, na foto abaixo com Sérgio Junqueira.

De acordo com Sérgio Junqueira, em número de cases inscritos, a 10ª edição cresceu 20% em relação à anterior. Todas as categorias tiveram pelo menos cinco concorrentes de três diferentes empresas e para figurar entre os finalistas, o case inscrito deve ter obtido nota oito, como média mínima. Os três primeiros são contemplados com ouro, prata e bronze, e os demais aprovados pelo júri recebem um certificado de menção honrosa.

Sérgio Junqueira idealizou o prêmio em 1999 com o objetivo de incentivar, reconhecer e valorizar o trabalho de empresas e profissionais da indústria brasileira de eventos e proporcionar reconhecimento em seu segmento e na mídia. O nome é uma homenagem a Caio de Alcântara Machado, profissional pioneiro na área de eventos e feiras de negócios no Brasil, assim como o nome do troféu, tirado de uma de suas frases prediletas “um dia vai dar jacaré”.

“Confesso que quando comecei, não imaginava que chegaríamos tão longe, apesar de sonharmos com a grandeza e representatividade deste nosso setor de eventos e turismo. Mais do que confortáveis com uma década de atividades do Prêmio Caio, elegendo o que de melhor há nos setores de marketing promocional, eventos e turismo no Brasil, estamos cada vez mais entusiasmados com as possibilidades de negócios que este mercado promove e desperta a cada ano”, destacou Junqueira em um discurso que também abriu espaço para pleitos e reivindicações para o setor. Entre eles, o jornalista destacou a falta de centros de convenções compatíveis com as exigências internacionais; a necessidade de se criar um modal ferroviário que interligue as regiões sul, sudeste e centro oeste; a importância de se trabalhar imediatamente o processo de captação da Expo 2020, fechando assim uma década de megaeventos mundiais sediados no Brasil.

O Grupo Equipotel foi um dos apoiadores desta edição. Na foto em destaque, a diretora executiva Rosa Castro entrega a Altamir Passos Batista o prêmio conferido aos hotéis Kubitscheck e Manhattan Plaza, bronze na categoria Centro de Convenções de Grande Porte da Região Centro-Oeste/Norte.

Deixe uma resposta