Buscas por hotéis em destinos de praia brasileiros aumentam 49%

Apesar das restrições em relação à capacidade de ocupação na Hotelaria, as buscas por reservas em propriedades localizadas nos destinos de praia brasileiros tiveram um salto de 49% entre os bimestres julho/agosto e setembro/outubro, com 300 mil buscas e 447 mil buscas, respectivamente. O levantamento foi realizado pela empresa Nemo, especializada em Inteligência de Dados na América Latina.

Entre as regiões que se destacaram no ranking dos mais procurados estão Rio de Janeiro, Búzios (RJ), Porto de Galinhas (PE), Natal (RN), Salvador (BA), Maceió (AL), Praia do Forte (BA), Florianópolis (SC), Maragogi (AL) e Imbassaí (BA). 

De acordo com Eduardo Batista, diretor comercial da Nemo no Brasil, “Ao longo dos últimos meses, percebemos que os hotéis têm apresentado políticas mais robustas de protocolos de saúde e também mais flexíveis para remarcações, o que tem dado certa tranquilidade para as pessoas, agentes e operadores fazerem suas reservas sem muitas onerações.”

“Além disso, nossos softwares trabalham com um sistema de busca inteligente por opções de hospedagem com melhores preços, sempre dentro do padrão adquirido, ampliando a margem de lucro dessas empresas de intermediação e consultoria de viagens, o que também possibilita ampliar as vendas.”, informa o diretor.

Deixe uma resposta