Accor retoma ação contra a exploração sexual infantil no Turismo

Nesta sexta-feira (20), data em que é comemorado o Dia Mundial da Criança, estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), a Accor retomou sua série anual de treinamentos e reciclagem para colaboradores no combate à exploração sexual infantil por meio do programa We Act Together For Children (WATCH).

A ação é voltada para toda a equipe da rede e tem como objetivo ensinar o que é turismo sexual infantil, como agir, quais são os sinais para detectar um caso e o que fazer quando esse tipo de situação acontecer. Além disso, a companhia promove uma ampla comunicação em todos os seus hotéis a fim de conscientizar também os clientes sobre o tema.

Com a iniciativa, a Accor reforça seu compromisso em prol desta causa, na qual que atua desde 2001, quando estabeleceu parceria com a ECPAT (End Child Prostitution and Trafficking) e foi a primeira dentro do segmento hoteleiro a falar sobre o tema. Em 2018, o grupo formalizou o seu comprometimento com a proteção de crianças e adolescentes no Turismo ao assinar o Código de Conduta do Trade Turístico no Brasil. 

“O combate e a erradicação da exploração sexual de crianças e adolescentes no Tturismo é uma das principais ações em que trabalhamos. Proteger nossos hóspedes e, primordialmente, os menores de idade, é nosso compromisso. Portanto, o diálogo com colaboradores e clientes faz parte dos nossos esforços”, afirma Antonietta Varlese, vice-presidente sênior de Comunicação, Relações Institucionais e Responsabilidade Social da Accor na América do Sul.

Deixe uma resposta