Accor e Câmara LGBT da Argentina celebram o Dia do Turismo LGBTQ+

A data de 10 agosto foi anunciada como o Dia do Turismo LGBTQ+. Por isso, a rede Accor se uniu com a Câmara de Comércio LGBT da Argentina (CCGLAR) – idealizadora da data – para participar da comemoração junto com outros destinos. O tema desse ano, “Solidariedade hoje, para viajar amanhã”, reforça a posição da Organização Mundial de Turismo em resposta à crise atual, destacando os valores do setor.

“A Accor tem o orgulho de ser uma empresa responsável por iniciativas que tornaram o ato de viajar mais prazeroso e seguro para o público LGBTQ+, além de reconhecer aspectos que priorizam o respeito à diversidade em seus negócios. Além do ponto de vista humano, é preciso reconhecer também o poder econômico que esse turista acrescenta em toda cadeia”, comenta Antonietta Varlese, vice-presidente sênior de Comunicação, Relações Institucionais e Responsabilidade Social Accor América do Sul.

A importância do segmento para o mercado turístico

Neste momento que o turismo está se restabelecendo de forma gradual, diante do impacto que sofreu com as paralisações em razão pandemia da Covid-19, o turismo LGBTQ+ será fundamental nesse processo de retomada por causa do destaque que vem adquirindo no mercado turístico ao longo dos anos.

Dados da Organização Mundial do Turismo mostram que o turista LGBTQ+ representa 10% dos viajantes do mundo e movimenta 15% do faturamento do setor. Esse público viaja quatro vezes mais e tem consumo 30% superior a outros segmentos, segundo o estudo do World Travel EC1 Tourism Council.

A International Gay & Lesbian Travel Association (IGLTA) destaca que anualmente esse mercado viagens específico movimenta US$ 54 bilhões por ano. Os meios de hospedagem que se posicionam como “gay-friendly – como é o caso da Accor – tem a preferência de 67% desse público ao escolher um local para ficar.

A rede hoteleira ocupou o quarto lugar do ranking Great Place to Work LGBTQI+ 2020, como uma das melhores empresas para o público trabalhar. Nos últimos anos, o empreendimento vem conquistando outros reconhecimentos como o Selo de Direitos Humanos e Diversidade da Prefeitura de São Paulo (2019 e 2018); Prêmio Caio de Diversidade (2019 e 2018) e título de apoiadora institucional do Miss Brasil Transex 2019, entre outros.

Deixe uma resposta