Abav Collab já tem 150 expositores confirmados

O Abav Collab, evento híbrido que substituirá neste ano a Abav Expo, já tem 150 expositores confirmados para estandes virtuais e 2,2 mil pré-inscritos até o momento. Durante coletiva nesta segunda-feira (31), a presidente da Abav Nacional, Magda Nassar, divulgou mais detalhes sobre o Abav Collab, que acontecerá de 27 de setembro a 2 de outubro, coincidindo com o Dia Mundial do Turismo.

“Além da plataforma online robusta que contratamos, que evita o risco de interrupções do evento, haverá uma abertura presencial em Salvador, sem público, seguindo todos os protocolos de segurança e higienização. No virtual, teremos quatro salas de capacitação, cada uma com capacidade para até mil pessoas, com parceiros divulgando seus produtos e ativações”, adianta Magda.

Outra novidade é que a feira Aviesp, que foi cancelada, terá espaço dentro do Abav Collab para as agências de viagens do interior de São Paulo. O Ministério do Turismo aproveitará o encontro para divulgar as próximas ações direcionadas ao setor e pretende ceder espaço institucional para os Estados brasileiros. Outras entidades como CNC, Resorts Brasil, Sindepat e Abeoc integram o time de parceiros. Entre os destinos internacionais, devem participar a Colômbia, Peru, Argentina, República Dominicana, entre outros.

Projeto da plataforma online do Abav Collab

“Entendemos que um evento colaborativo era o que faria mais sentido agora e, por meio da plataforma que contratamos, os parceiros poderão realizar comercialização de produtos na Black Friday para o público final, capacitações e uma réplica do networking do nosso evento físico. No ano passado a Abav Expo bateu recordes, com 32,5 mil participantes, e queremos ser também o maior evento virtual da América Latina. O objetivo é trazer uma retomada efetiva a partir do Abav Collab”, pontua Magda.

Com a interrupção das atividades do setor de eventos, a Abav e a Abeoc se uniram para uma ação solidária. As entidades vão estimular as doações para profissionais do setor, que passam por dificuldades, incluindo montadores, recepcionistas e técnicos. O valor doado será revertido em vales de alimentação.

Deixe uma resposta