A importância da análise de tendências na hotelaria

Por Aline Silva

Escutamos muitas vezes que o mercado mudou, que temos um novo perfil de viajante, mas, na realidade, foram as pessoas que mudaram, nós mudamos. Essa transformação de comportamento gerou uma demanda por produtos e serviços que nos acompanhem. Vivemos na era das experiências, gostamos de compartilhar, defendemos causas, somos mais responsáveis e queremos sentir sensações tanto no mundo online quanto no offline.

Mas, como os hotéis deverão se adaptar para atender a este novo cenário e não ficarem obsoletos? Não existem regras. Mas é essencial saber traduzir esses movimentos para o universo da hospitalidade e dar o primeiro passo. Separei algumas práticas que podem ser implementadas facilmente:

  1. Crie lobbies, restaurantes e espaços comuns que sejam atraentes para hóspedes e moradores locais. Os lobbies mais visitados hoje – e muito comentados – são espaços vibrantes, multifuncionais e criados para o compartilhamento de ideias, não apenas para as conexões Wi-Fi.
  2. Leve o conceito das pop-ups stores para dentro do seu hotel. É uma maneira interessante de testar o mercado antes de criar algo novo. Ele permite que os consumidores experimentem seus produtos antes de comprá-los. E o seu hotel compartilha em tempo real as novidades que deseja implementar.
  3. Sustentabilidade não é mais tendência. As grandes redes já possuem programas que defendem esta causa, mas a hotelaria independente ainda está patinando neste sentido. Instale torneiras de baixo consumo, crie um programa educativo de práticas sustentáveis para hóspedes e colaboradores e incentive a reutilização de toalhas.
  4. Cuide da saúde do seu hóspede. Somos mais conscientes dos produtos que consumimos e buscamos alimentos e bebidas saudáveis. Para muitos hotéis isso significou reformular os menus e buscar alternativas para celíacos, veganos ou pessoas com restrições alimentares. Faça parcerias com marcas que apoiem essas causas e produtores que não usem agrotóxicos. Ofereça opções de frutas e sucos no minibar.
  5. Faça mais vídeos. Hoje em dia, os vídeos são as fontes de informações mais acessadas, e na hospitalidade não é diferente. Uma imagem vale mais que mil palavras. A frase é clichê, mas funciona. Um vídeo tem o poder de sensibilizar, de contar uma boa história e de engajar. Utilize redes sociais com Instagram e Tik Tok para promover a sua marca. Não se esqueça de incluir hashtags e descrições.
  6. As pessoas estão em busca de calma. Esta década (2020-2030) precisa entregar serenidade e bem-estar. Vivemos cercados de ruídos e interrupções, incrementando os nossos momentos de microtédio. Precisamos desacelerar e está comprovado que o contato com a natureza é um ótimo remédio. Faça pequenas modificações no design do seu hotel com plantas, imagens botânicas, luz natural, madeira e pedras. Esses elementos imprimem a sensação de paz e são acolhedores.
  7. Amenities que produzem o efeito WOW. Invista em amenities diferenciados e personalizados. Crie espaço para a prática de yoga, trilhas sonoras no Spotify, ofereça um cocktail surpresa quando o hóspede chegar depois de um dia intenso de reuniões. São algumas ideias fáceis de implementar. Outra sugestão é oferecer um espaço pet-friendly em áreas comuns, que é um grande atrativo na hora de confirmar uma reserva.
    Faça pequenas modificações que geram grandes resultados. No século 21, o maior desafio é se adaptar às mudanças.

Aline Silva é pesquisadora e exploradora na área de hospitalidade.


Deixe uma resposta