hotelnews

busca

2019
11
02

O poder das mulheres no Turismo

POR MARTA ROSSI

Crédito: Marcus Vinícius Rossi

marta rossi

O Turismo é um campo fértil para a atuação das mulheres, seja para ocupar postos de trabalho ou para empreender e liderar. Há 30 anos eu e minha grande amiga Silvia Zorzanello ingressamos no turismo, criamos a Feira Internacional de Turismo de Gramado, evento que agora em 2019 chega a sua 31ª edição. Nós iniciamos assim, acreditando em uma ideia e de olho no mercado, como muitas outras mulheres também iniciaram seus projetos no mercado turístico, seja na hotelaria, agência de viagens, operadoras, receptivos, imprensa especializada e tantas outras áreas que este segmento oferece. 

Com o passar dos anos, o empoderamento feminino e a luta pelos direitos e igualdade de gênero fez (e continua fazendo) com que as mulheres se posicionem ainda mais à frente deste mercado. Segundo uma pesquisa da Catho, no Brasil, o turismo está entre as 10 áreas com maior participação de mulheres no mercado. Além disso, nós mulheres, ocupamos 55,68% dos cargos do setor. Inclusive cargos de liderança, a pesquisa International Business Report (IBR) – Women in Business, produzida pela Grant Thornton, constatou que na América Latina os setores de turismo e hotelaria são os que mais contam com mulheres em cargos de liderança (31%). Posso citar, por exemplo, os cargos ocupados pelas poderosas: Magda Nassar, Vice-presidente da Abav Nacional e presidente da Braztoa; Chieko Aoki, fundadora da rede hoteleira Blue Tree Hotels; Teresa Perez, Fundadora da Teresa Perez Tours; Ana Maria Donato, diretora da Imaginadora, Tia Iara, CEO da Tia Iara Turismo e tantas outras que eu poderia encher muitas páginas destacando. 

As turistas!

Olha que curioso, a própria palavra “viagem” é no dicionário um substantivo feminino, brincando com a coincidência, somos nós mulheres que estamos transformando o turismo. Além da vantagem no mercado de trabalho, o público feminino também ganha destaque na hora de viajar. A Zarpo realizou um levantamento sobre o mercado de luxo brasileiro, segundo a OTA, as mulheres são responsáveis pela decisão de compra em 70% das vezes.

O Ministério doTurismo, em uma pesquisa em fevereiro de 2017, revelou que 21,2% das mulheres entrevistadas têm intenção de viajar nos próximos seis meses. Dessas, 62,4% irá viajar pelo Brasil. Um dado importante da pesquisa é que 17,8% das que pretendem viajar, irão desacompanhadas. A Airbnb, também destacou no ano passado, que o Brasil está entre os cinco países com mais mulheres que viajam por conta própria.

Um evento feito por mulheres!

Seguindo esse movimento de mulheres inseridas no turismo, seja como empreendedoras ou como turistas, no ano passado nós abraçamos, na Rossi & Zorzanello, a ideia da Fiaseet (Federação Internacional de Associações de Executivas de Empresas Turísticas). Uma entidade de mulheres comprometidas com o desenvolvimento de seus países no campo do turismo e do social. Atualmente são mais de 600 associadas presentes em oito países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Paraguai e Peru. Todas engajadas em utilizar o turismo como ferramenta de transformação social, grandes mulheres!

No Brasil a Federação é representada pela Afeet Brasil (Associação Federativa de Executivas de Empresas Turísticas), liderada por duas grandes amigas e guerreiras que conheço: Clorinda Denck e Rosane Avila. Neste ano a Afeet vai realizar em Gramado a Junta Fiaseet, evento com reuniões de trabalho entre as representantes dos oito países que participam da Associação, onde são esperadas mais de 100 participantes. A Rossi & Zorzanello será a organizadora da Junta 2019, que ocorrerá de 1 a 5 de abril.

O Convention & Visitors Bureau da Região das Hortênsias teve apoio na captação do evento para Gramado.

Empoderamento no turismo

Sou grata as mulheres que serviram de inspiração para mim no início de minha carreira e pelas tantas outras que continuam sempre me ensinando. O turismo tem uma longa lista de mulheres inspiradoras, pioneiras que abriram o caminho para que nosso gênero pudesse prosperar neste segmento.

Me sinto hoje, com mais de 30 anos de experiência no turismo, com a obrigação de ajudar e incentivar as novas e futuras gerações de guerreiras que pretendem ingressar neste universo maravilhoso que é o mercado turístico.

- Faça sempre o melhor: confie no seu talento e capacidade de trabalho. Nunca descarte o seu senso intuitivo, característica inerente ao público feminino.
- Posicionamento: tenha sempre posicionamento profissional e busque expor suas ideias e valores. Isto vai garantir seu espaço, determinando seu território.
- Seja referência: busque sempre estar capacitada, ter conhecimento e ser referência em seu local de trabalho. O conhecimento fará você crescer e se destacar, aliando isso ao companheirismo e força de vontade, você poderá liderar qualquer equipe.
- União: é muito importante que nós mulheres continuemos unidas, buscando fortalecer nossa presença dentro do setor turístico e também em diversos segmentos da sociedade.

Marta Rossi é CEO da Rossi & Zorzanello Eventos e Empreendimentos, organizadora do FESTURIS

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













c�digo captcha



arquivos


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook