hotelnews

busca

2017
21
02

Polinésia francesa: Muito além das turquesas

POR LALA REBELO

Lala Rebelo, Viagem

Ter viajado recentemente para a Polinésia Francesa mudou completamente a ideia que eu tinha do destino. Mais do que pela cor das suas águas, esse lugar me surpreendeu por seu jeito de viver, que dá ainda mais sentido à toda a beleza das ilhas. Além do cenário paradisíaco, um fator cultural muito forte torna a experiência única.

Sim… Você verá bangalôs em hotéis luxuosos (e poderá ficar em alguns deles), verá peixes e raias, verá praias lindíssimas. Mas também verá coroas e colares de flores, comerá pratos típicos, conhecerá danças próprias, músicas exóticas, ouvirá um idioma diferentão e um povo orgulhoso de ser polinésio, que luta para não perder suas raízes.

Oposto a destinos que são pura praia, achei a Polinésia Francesa um destino completo, do qual você volta realmente sentindo que conheceu a essência do lugar.

A personalidade forte do lugar já pode ser percebida no jeito que o povo quer ser chamado. Preferem ser “Tahiti e suas ilhas” do que Polinésia Francesa, pois não se identificam muito com a “mãe França” (trata-se de uma coletividade de ultramar francesa).

  
Le Tahaa Island Resort Hotel                                                 Tahaa Island

Com a chegada dos europeus há algumas centenas de anos, os costumes tradicionais dos polinésios (como dança, tatuagem, nudez etc.) foram banidos e parte da história se perdeu. Mas graças ao apego do povo polinésio às suas raízes e ao orgulho de pertencerem àquela terra, há um esforço enorme da população local para retomar esses costumes e assim preservar sua identidade.

E foi essa identidade que me encantou. Depois de estar anos e anos “enterrada” pelos costumes europeus, algo único e apaixonante está sendo resgatado.

 
Tahaa Island                                                                       Lagoon de Huahine                                                              

Ao colocar os pés no Tahiti, tenho certeza de que você terá a  sensação de que viverá naquelas ilhas uma experiência única e autêntica.

Maeva! (“bem-vindo” em taitiano)

Lala Rebelo é publicitária, jornalista, consultora de viagens e autora do blog LALAREBELO.COM. Já morou em 6 países e viajou para mais de 60. 

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













c�digo captcha



arquivos


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook