hotelnews

busca

2016
11
01

Comunicação e ações virtuais: benefícios e alertas

POR MARCELO PICKA VAN ROEY

Marcelo Picka Van Roey, Hotelaria, Comunicação

Apesar de não ser um tema novo, ainda se discute muito sobre os reais efeitos das ações realizadas por hotéis em mídias sociais e ferramentas de avaliação publica online. Como praticamente tudo no mundo virtual, as alternativas e meios possíveis de exploração tendem ao infinito e a previsibilidade dos retornos se torna uma missão quase impossível. Muitas vezes, ações idênticas devolvem resultados totalmente diferentes e talvez isso seja a grande magia desse tema.

Porém, embora seja algo amplamente conhecido e discutido, a utilização prática ainda é ligeiramente tímida em nosso mercado, o que em parte pode ser explicado pela baixa previsibilidade citada acima. Cabe destacar também o elevado grau de interação que essas ferramentas possuem e principalmente a altíssima capacidade de se multiplicar em minutos, sem que qualquer controle possa ser exercido pelo “dono” da ideia.

Sem dúvida que o baixo custo da maioria desses aplicativos (comparado com outras mídias), facilita a aceitação e agiliza a decisão do primeiro investimento. Porém, a melhor característica se dá pelo simples fato de se poder direcionar um anúncio ou ação para o seu público-alvo, derrubando a taxa de rejeição ao que foi comunicado para índices bem menores que a média e fazendo com que não percamos energia ou investimentos para comunicar algo a uma fatia de demanda sem qualquer aderência ao seu produto.

Em recentes testes, pessoas relacionadas às mídias sociais digitais ou mais conhecidos como influenciadores virtuais passaram um período em um conhecido hotel e o resultado foi mais que surpreendente. Em dois dias de hospedagem, o volume de acessos ao site duplicou e a curva de navegação se manteve alta e acima da média histórica por mais de 15 dias. Com essa base conseguimos comparar outras ações online feitas pela empresa e logo após por esses “profissionais” do mundo virtual e nitidamente percebeu-se que as atividades que envolvem a experiência ou vivência de clientes, muitas vezes em tempo real, trazem um retorno significantemente maior e especialmente focado para o mais que desejado filão que incansavelmente buscamos atingir.

No entanto, essa grata surpresa pode se tornar uma dor de cabeça em um simples comentário infeliz de um dos alcançados pela comunicação. Como dito, como a alta interação com os usuários é condição básica para esse tipo de investimento, o acompanhamento faz-se muito necessário para que possíveis clientes não fiquem sem respostas ou para que temas e questões indesejadas sejam monitoradas e solucionadas o tempo todo, o que muitas vezes acaba sendo a parte mais cara da ação.

Outro ponto merece certo destaque, especialmente quando tratamos de ferramentas que também podem ser usadas como “ranqueadoras”. Não é incomum encontrarmos respostas a algumas críticas oferecendo descontos, concessões e até cortesias para um retorno do suposto cliente insatisfeito. Porém, esse tipo de postura por parte da empresa pode desencadear uma serie de reclamações dos “reclamantes profissionais”. Sim, eles realmente existem e são usuários mal intencionadas que reclamam de tudo para conseguir algo em troca e que infelizmente acabam distorcendo as autênticas e muito úteis avaliações feitas por quem realmente vivenciou o serviço e/ou experimentou aquele produto. Porém, o simples fim da concessão de benefícios aos insatisfeitos é a principal medida para evitar sermos alvos de mais esse “golpe digital”. Vamos ficar em alerta, ou melhor, online.

 

Marcelo Picka Van Roey

Graduado em Hotelaria pelo Senac e em Administração de Empresas, com MBA em Economia do Turismo, é responsável pela Coordenação Geral dos hotéis-escola Senac SP, Grande Hotel São Pedro e Campos do Jordão. Contato: marcelo@sp.senac.br

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













c�digo captcha



arquivos


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook