hotelnews

busca

acontece

2018
05
11

ADIT Hotel - Evento começa com painel sobre a visão de quem comercializa hotéis e resorts no Brasil

Claiton Armelin, Roland de Bonadona, Carlos Eduardo Pereira e Felipe Cavalcanti

ADIT Hoteis, hoteis, hotelnews

Acontece hoje (5), no Hotel Pullman São Paulo Vila Olímpia, na capital paulista, a primeira edição do ADIT Hotel - Seminário sobre Desenvolvimento e Investimentos Hoteleiros, reunindo hoteleiros independentes e de grandes redes, gestores, consultores, síndicos e proprietários de Condo Hotéis, entre outros participantes do trade.

A primeira palestra do dia reuniu Claiton Armelin (CVC) e Carlos Eduardo Pereira (Bancorbrás) e foi mediada pelo presidente da ADIT Brasil, Felipe Cavalcante. Para Cavalcante o mercado está mais otimista com a definição eleitoral e as perspectivas econômicas para o próximo ano. “Só precisamos que o governo crie ambiente para que a gente possa trabalhar”, afirmou.

Otimismo, inclusive, foi a palavra que deu o tom neste primeiro painel. Para Pereira, falta o mercado financeiro descobrir a hotelaria de lazer, porque os resorts já caíram no gosto do público brasileiro. O executivo espera um crescimento de 10% no volume de negócios até o segundo semestre de 2019.

“Tivemos um crescimento histórico no valor das ações da CVC. As pesquisas em nossas plataformas cresceram notavelmente, as pessoas querem viajar. Nosso crescimento será de duplo digito no próximo ano”, completou Armelin.

Este ambiente, na visão dos palestrantes, é propicio para o timeshare, mas ambos afirmam que é preciso rever a forma que é feita a abordagem aos clientes, para que estes não se sintam intimidados.

Outro tema tratado foi a economia compartilhada, mas precisamente a empresa Airbnb. Para Carlos Eduardo, a concorrência é uma ameaça, por isso o Bancorbrás passou a incluir residências em seu portfólio. Armelin pontuou que a concorrência deste modelo de negocio é predatória, pois a questão tributária é nebulosa.

Sobre os desafios que o turismo enfrenta no Brasil, tanto Armelin quanto Pereira concordam que a nossa malha aérea ainda é deficitária e o trade precisa trabalhar diretamente com as companhias aéreas para impulsionar o turismo.

Finalizando, Cavalcante questionou aos dois sobre qual destino é a próxima aposta. Para Carlos Eduardo, São Miguel dos Milagres, em Alagoas. Já Claiton acredita que "praia, pé na areia é o que nossos turistas buscam".

 

*por Anna Paola Martino

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook