hotelnews

busca

acontece

2018
08
10

HFN 2018 – Rafael Vaisman explica como tornar um hotel mais sustentável

Rafael Vaisman, fundador da Ecohus

HFN, Hotel & Food Nordeste, HotelCor Talks, HotelCor

Durante a Hotel & Food Nordeste (HFN), feira que aconteceu entre os dias 3 e 5 de outubro no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda (PE), o HotelCor Talks apresentou três palestras de temas importantes para o setor, sempre às 18h30, dentro do espaço HotelCor. No último dia (5), o fundador do grupo Ecohus Brazil, Rafael Vaisman, debateu o assunto “Como é possível um hotel ser mais sustentável”.

Vaisman iniciou sua apresentação promovendo uma dinâmica e convidando os participantes da palestra a visitarem a 'Pirâmide da Vida' no estande da Ecohus, explicando a visão da empresa.

Conceito de sustentabilidade

Iniciando sua explanação, o palestrante falou um pouco sobre a história e o conceito do termo ‘sustentabilidade’.  “Muita gente se pergunta sempre se algo é ou não sustentável. A principal pergunta que se deve fazer não e essa. Se você não souber o ciclo do produto, não pode responder se é ou não. Não existe ainda um guide line de parâmetro”, defende.

Para ele, a metodologia de comunicação greenwash - quando se mostra mais ações sustentáveis do que realmente existem - é o principal problema das empresas atuais. “É preciso ter cuidado com o tipo de comunicação apresentada”, diz.

Participantes da palestra no interior da 'Pirâmede da Vida' na dinâmica promovida por Rafael Vaisman

Vaisman garante, ainda, que conforto não é mais o principal requisito de um hotel de luxo e atrativo, por exemplo. “Todos os hotéis buscam o que a AccorHotels conseguiu: ser referência em ações sustentáveis. Dentro dos cases de sucesso de empreendimentos que investem em sustentabilidade, cada um foca em uma área específica. Há hotéis que investem em papel reciclado; outros em energia solar; outro em reutilização de água”, diz.

“Atualmente, o público não aceita mais nada que tenha o nome ecológico e sustentável; existe uma grande diferença entre ter o nome e ser. As pessoas querem entender o que estão comprando”, reforça o fundador da Ecohus.

O especialista aconselha que um hotel invista, portanto, em ações pontuais. "Vale mais um hotel que invista em determinadas ideias, do que o que diga que é sustentável e não faça nada realmente com assertividade".

Cuidados na escolha

O palestrante enfatizou também a questão de avaliação do processo de um produto/marca sustentável. Segundo ele, de nada adianta um produto ser reciclável, mas não poder ser reciclado posteriormente. Também é preciso ter certeza que a empresa tem políticas corretas de contratação e respeita dos colaboradores.

*por Nathalia Abreu

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook