hotelnews

busca

acontece

2018
15
05

Meliá Hotels promove roadshow e destaca São Paulo (SP) como destino de lazer

Fernando Gagliardi, diretor de vendas e distribuição da Meliá

Meliá, Brasil

A Meliá Hotels Internacional deu início ontem, 14, ao seu Road Show Nacional. Neste ano, a rede passa por seis cidades brasileiras: São Paulo (SP), Rio de janeiro (RJ), Curitiba (PR), Recife (PE), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG). Na ocasião, os participantes puderam se atualizar sobre empreendimentos da companhia.

Fernando Gagliardi, diretor de vendas e distribuição da Meliá, destacou o turismo de lazer em São Paulo (SP), que está em crescimento. “Temos 11 unidades em São Paulo, com característica de hotéis urbanos corporativos. Mas temos notado um aumento muito grande do público de lazer e também do bleisure, ou seja, trabalho e lazer se unindo. Agora temos uma taxa de ocupação muito significativa aos finais de semana, às vezes até maior de quinta a domingo do que no restante da semana”, declara.

“São Paulo sempre sofreu com a baixa ocupação aos finais de semana, mas isso está mudando. Há um público que vem para a cidade de quinta a domingo aproveitar um show que só tem aqui, fazer turismo gastronômico, competições esportivas – tanto para assistir quanto para participar”, lista o executivo.

Gagliardi também destacou o novo empreendimento da rede na Argentina, o Melia Iguazú, instalado dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Fruto de uma conversão, a empresa assumiu o hotel no final de 2017. “Iremos dedicar este ano para fazermos todas as reformas e renovações, para que ele termine 2018 já com todos os padrões da Meliá. É um produto muito diferenciado, com um apelo fantástico e que estamos apostando muito nele”.

Apesar da rede ter deixado de administrar neste ano o Hotel Nacional, no Rio de Janeiro (RJ), Gagliardi diz que a Meliá ainda continua vendo o destino com bons olhos. “Apesar dos altos e baixos, o Rio é uma cidade que nos interessa muito, é o cartão de visitas do Brasil. Estamos muito atentos a qualquer possibilidade que possa surgir na cidade, observando o mercado. Não é porque encerramos a operação do Hotel Nacional, que foi uma situação muito pontual, que deixaremos de ver o destino como promissor para a operação hoteleira”, finaliza.

*Por Lorena Amazonas

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook