hotelnews

busca

destino

2016
31
03

San Blas – Paraísos inexplorados ainda existem

Por Lala Rabelo

San Blas, Panamá

Quando se fala em ilhas paradisíacas, muitos já logo pensam em Maldivas, Bora Bora ou os conhecidos destinos no Caribe (e com razão, são todos maravilhosos!). Mas existe um lugar absurdamente lindo e pouco divulgado chamado Arquipélago de San Blas, que ganhou meu coração. 

Essa região, que oficialmente se chama Kuna Yala (San Blas é o nome que os espanhóis deram), está localizada na costa atlântica do Panamá (Mar do Caribe) e se estende do meio do país até a fronteira com a Colômbia. Apesar de estar no Panamá, Kuna Yala é um território indígena independente, extremamente organizado de acordo com suas próprias regras, líderes, cultura, idioma e religião. Só a partir dos anos 40 é que as “fronteiras” foram abertas aos turistas, e hoje temos então o privilégio de desfrutar desse paraíso pouco explorado.

São mais de 365 ilhas rodeadas por recifes de corais com vida marinha abundante, água azul turquesa, coqueiros a perder de vista e areia branquinha. É... Com essa descrição, não é difícil se apaixonar por San Blas.

   

Mas ao dizer “fronteiras abertas para os turistas”, não espere encontrar ali os grandes resorts típicos do Caribe (nem mesmo pequenos hotéis ou pousadas). Os únicos que podem investir e lucrar com o turismo no local são os próprios índios Kuna. Energia elétrica e água doce são moderadas, assim como sinal de celular. Já existem ilhas mais turísticas e acessíveis, mas ainda há um montão delas completamente virgens (as mais lindas, sem dúvidas).

Em compensação à falta de infraestrutura, você poderá viver algo raro nos dias de hoje: experimentar uma natureza praticamente intocada, dormir em simples cabanas de bambu ou madeira (ou até mesmo a bordo de um veleiro, uma opção de hospedagem muito mais cômoda), ser despertado pelo nascer do sol e conviver com uma cultura completamente diferente da nossa. Nesse paraíso, sua única preocupação será escolher quais ilhas deseja conhecer, afinal, há praticamente uma para cada dia do ano.

   

É inevitável querer gritar aos quatro ventos a beleza que é San Blas, o lugar preferido no mundo de muita gente que vai (o meu, por exemplo) e querer convencer qualquer pessoa a ir. Mas é preciso explorar o local com cuidado, conhecê-lo com respeito e seguir as regras e costumes dos Kunas, que com esforço tentam manter suas tradições até os dias de hoje. Encante-se pelas roupas das índias, tão coloridas, e não deixe de levar para casa um painel de mola, com seus lindos bordados geométricos, feitos artesanalmente por elas.

San Blas, ou melhor, Kuna Yala, é isso: puro encantamento. Se tiver a oportunidade de ir a um lugar como esse, aproveite e viva intensamente. A quantidade de fotos que você vai trazer de lá só não será maior do que as suas boas lembranças. Eu já fui mais de 15 vezes, e me apaixono todas as vezes que coloco meus pés ali. 

 

* Lala Rebelo já esteve em 55 países. É consultora de viagens e autora do blog LALAREBELO.COM. Morou no Brasil, Estados Unidos, França, Espanha, Inglaterra e vive hoje no Panamá. Publicitária, formada pela ESPM-SP e pela Université de Cergy-Pontoise, França. E-mail de contato: hello@lalarebelo.com

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook