hotelnews

busca

Edição 409

estilo

Bar de hotel

No Four Seasons São Paulo at Nações Unidas, o bar é totalmente integrado ao lobby

Não é de hoje que esse ambiente faz sucesso, mas precisa sempre se reinventar


Clássico ou descolado, intimista ou grandioso. Tão importante quanto o estilo ou o tipo de móvel escolhido é a atmosfera criada para um bar de hotel. Esse ambiente democrático, onde pessoas vivem momentos de prazer em happy hours ou encontros românticos, e que também sedia ocasiões mais sérias, como reuniões de negócios, precisa ser eclético e oferecer serviços para todos os gostos.


Mas, não é de hoje que os bares de hotéis fazem sucesso. De acordo com Mestre Derivan, referência no universo da coquetelaria nacional e internacional, a ideia de encontros e confraternizações nesses ambientes no Brasil começou nos anos 1970, quando a rede Hilton instalou sua primeira unidade no País, em São Paulo. “Ali se juntavam hóspedes e amigos, assim como pessoas da cidade, na maioria estrangeiros, que se sentiam em seus países de origem, pois a atmosfera criada pelo ambiente retratava isso”, explica.


Desde então, os hotéis passaram a ter espaços de bares e restaurantes atraentes. “Era muito difícil conseguir uma mesa no bar Capricórnio, do Hilton. Depois veio o Trianon Piano Bar, no Maksoud Plaza; o Havana Club, no Renaissance; e tantos outros que hoje chegam a ser frequentados mais por passantes do que por hóspedes, como o Seen, do Tivoli Mofarrej São Paulo; e o Skye, no Unique”, completa.


Veja a matéria na página 28 da edição 409


 


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook