hotelnews

busca

acontece

2016
17
08

Três perguntas para - Roberto Mourão

Roberto Mourão, Sustentabilidade

Engenheiro civil ambiental formado pela Faculdade Armando Alvares Penteado (FAAP), Roberto Mourão é um dos fundadores do Instituto EcoBrasil. Trabalhou por sete anos em sua área de formação e, depois de um período sabático, abriu uma empresa de barcos e veleiros. Em 1992, foi convidado a participar da Rio 92, conferência sobre meio ambiente da Organização Mundial das Nações Unidas (ONU), que reuniu mais de 100 chefes de estado no Rio de Janeiro. Sempre engajado com o ecoturismo, Mourão participou da criação da política deste segmento.

1 – O que é o Instituto EcoBrasil? Fale um pouco sobre os trabalhos que a instituição desenvolve.

O Instituto EcoBrasil foi a primeira ONG de ecoturismo do País. Foi fundado em 1993 e participou de vários projetos do setor, como a definição da norma brasileira para meios de hospedagem da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O Brasil, do ponto de vista de leis ambientais, é bem completo, mas as pessoas e as empresas precisam ser mais conscientes, é necessário trabalhar esta questão. Primeiro é preciso informar, depois monitorar e ver se estão seguindo as leis corretamente. Se não estiverem, devem ser multados. O instituto ministra cursos para criar monitores. Nós pensamos que, em vez de tirarmos os seringueiros de seu ambiente de trabalho e os levarmos para terem 300 horas de aula sobre ecoturismo na cidade, podemos formar profissionais que irão até eles repassar o conhecimento. Desta forma, acaba sendo uma via de mão dupla: instruímos aqueles que estão em comunidades afastadas e quem vai até lá acaba aprendendo também.

2 – Como o turismo e a hotelaria podem melhorar o seu entorno?

Eu tenho uma agência de turismo e cada vez mais os clientes querem saber como trato meus funcionários e como trabalho com a comunidade local. Nós já trocamos de fornecedor na Amazônia por não seguir regras que evitam a manipulação de animais. Não dá para tirar um jacaré de dentro da água só para as pessoas fotografarem. Outra questão importante é ter uma boa relação com a comunidade. Se você abre um hotel no Pantanal, vai contratar todos os funcionários em São Paulo? É necessário empregar pessoas da região, pois ajuda a economia local, a autoestima dos moradores e cria postos de trabalho.

3 – Os hotéis no Brasil estão adotando práticas sustentáveis?

A sustentabilidade está na moda, mas, muitas vezes não passa de marketing. Alguns hotéis colocam plaquinhas nos banheiros pedindo para assinalar se os clientes não querem que as toalhas ou a roupa de cama sejam trocadas. Às vezes, nem isso funciona. Eu já testei. Pedi que não fosse reposto e o funcionário do hotel trocou o enxoval mesmo assim. Os hotéis têm excesso de utensílios descartáveis que podem ser substituídos. Hoje em dia, jogar produtos fora é cada vez mais absurdo. É necessário dispor dos resíduos de maneira sustentável. Nós fizemos um projeto com o Haiti criando uma escola de hotelaria. Em três anos transformamos tudo lá: o esgoto agora vira gás, a água é devolvida no estado em que foi recebida e produzimos frutas. O Haiti é um país escasso de recursos e no Brasil temos fartura, as pessoas acham que está sobrando, mas não é assim, é preciso ter consciência. A questão da sustentabilidade é ligada à economia. Se o empresário estiver economizando ele irá aderir às boas práticas. Há um custo para instalar os equipamentos, mas a somatória será positiva. Isso sem contar o ganho ambiental.

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook