hotelnews

busca

2012
18
09

Pastifício Pissani terá lojas no Rio e em Salvador

Rotisserie de massa artesanal tem matriz e filial em São Paulo e franquia já aberta em BSB

Cozinha artesanal, massas, Pastifício Pissani, Carlos Pissani, alimentos e bebidas

Depois de Brasília (DF), o Rio de Janeiro e Salvador deverão contar ainda este ano com lojas do Pastifício Pissani, rotiesserie de massa artesanal que chegou ao Brasil em 2007 com a abertura de uma concept store no bairro dos Jardins, na capital paulista. A primeira filial em São Paulo foi aberta em agosto, no piso superior do Shopping Morumbi. A partir daí, o plano do empresário Carlos Pissani é crescer por meio de franquias, a exemplo da operação em Brasília, em parceria com Fernanda Gazotto Ferreira e Mayara Yano.

As primeiras operações já garantiram às massas Pissani presença em 90% dos hotéis cinco estrelas de São Paulo. Com a expansão por meio de franquias, Carlos Pissani almeja conquistar novos mercados no segmento, que hoje representa 30% dos negócios da marca, a maior fatia depois da venda ao varejo.

Descendente de italianos, o uruguaio Carlos Pissani elegeu o Brasil para dar sequência ao negócio que já acompanha a família há três gerações, tendo iniciado com o atelier de massas da avó materna, Teresa. O empresário chegou a cursar engenharia civil, mas a vocação familiar falou mais alto e o empresário voltou para a cozinha. As primeiras receitas foram as tradicionais italianas e familiares, mas aos poucos o cardápio foi ganhando receitas inusitadas. “Um aroma, uma cor, já me despertam ideias de novas combinações, vou para cozinha e as coloco em prática”, afirma Carlos, que no processo de seleção das receitas conta com o auxílio da esposa Chris. “Avaliamos os formatos e sabores que melhor se adaptam ao paladar de nossa clientela, assim definimos uma nova coleção do Pastifício Pissani”. As opções hoje giram em torno de 60 formatos de ravióli, com mais de mil diferentes recheios, incluindo frutas como maracujá e chocolate.

Um dos lançamentos recentes foi a linha de temperos de flor de sal aromatizada, nos sabores defumado, merlot, tangerina e café, além da versão natural. Todas elas acompanham a finalização de pratos, não apenas das massas gourmets, mas também carnes, peixes, molhos. A flor de sal é uma espécie de ‘nata’, recolhida manualmente nas salinas na superfície dos depósitos de sal, em um processo semelhante ao da nata do leite, daí a comparação. Ele é considerado um condimento nobre, o melhor sal que existe por conter um vasto leque de minerais que eleva naturalmente o sabor dos alimentos. O produto não sofre qualquer tipo de processamento químico, por não ser refinado. No Brasil, a colheita de flor de sal é feita em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Tantos diferenciais têm garantido distinções ao Pastifício, como a participação este ano no evento Top 100 da Revista Kaza. O Pissani é também o primeiro pastifício convidado a instalar sua produção em vários países de Oriente Médio e já mantém uma linha de exportação para a Itália.

álbum de fotos

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook