hotelnews

busca

2011
30
09

Centro Paula Souza terá escola de cozinha e hotelaria

Projeto conta com a parceria da italiana ICIF e a inauguração está prevista para 2012

Escola capacitará profissionais que reforçarão atendimento em 2014 e 2016

Escola Técnica Estadual (Etec) Nova Luz, centro gastronômico, ICIF, Centro Paula Souza

O Centro Paula Souza assinou no último dia 28 convênio com a tradicional escola de enogastronomia italiana ICIF (Italian Culinary Institute for Foreigners) para a instalação de um Centro de Hospitalidade na futura Escola Técnica Estadual (Etec) Nova Luz, prevista para inaugurar em 2012.

Inicialmente, serão oferecidos os cursos de Técnico em Cozinha, Técnico em Hospedagem, e Técnico em Bar e Restaurante para um continente anual estimado em 500 alunos. “Vamos treinar professores do Centro Paula Souza na nossa sede, no Castelo de Costigliole d’Asti, para que eles se tornem os multiplicadores da nossa didática. E os instrutores do ICIF virão da Itália para dar cursos na Etec Nova Luz. Assim vamos unir a qualidade do Centro Paula Souza aos mais elevados padrões de ensino europeu”, diz Paola Tedeschi, representante do ICIF no Brasil.

O prédio de 4 mil m2 na região da Nova Luz contará com cozinhas, sala para aula de cafeteria e bar, salas de confeitaria e panificação, laboratórios de análise sensorial, sala-restaurante para treinamento de serviço, salas de degustação, salas para treinamento em hotelaria, auditório e um mini-hotel com quatro apartamentos para hospedar professores e convidados do Centro Paula Souza, administrado pelos próprios alunos.

Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, o Centro Paula Souza administra 51 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e 202 Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos em parceria com prefeituras ou empresas, sob a supervisão de uma Etec –, em mais de 270 cidades paulistas. As Etecs atendem mais de 200 mil estudantes, no Ensino Médio e no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços. Nas Fatecs, cerca de 50 mil alunos estão matriculados nos cursos de graduação tecnológica.

Já o ICIF foi fundado em 1992 por um grupo de chefs e gastrônomos que perceberam a necessidade de divulgar a enogastronomia italiana pelo mundo. Oferece cursos de especialização em Enogastronomia das Regiões da Itália a profissionais estrangeiros. O ICIF tem 36 escritórios de representação espalhados pelo mundo e três escolas fora de sua sede: Flores da Cunha (RS), em parceria com a Universidade de Caxias; Shanghai, junto ao campus universitário Shanghai Nanhui Gong Mao Xue Xiao, e Seul, na Coréia. A sede italiana está equipada com modernas cozinhas, padaria, confeitaria, auditório e enoteca-elaioteca (para degustação de vinho e azeite). Mais de 300 estudantes brasileiros já se formaram no ICIF. Em associação com a Associazione Italiana Sommeliers (AIS), o instituto também oferece cursos profissionalizantes para sommeliers, em São Paulo.

álbum de fotos

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook