hotelnews

busca

2010
01
10

Albamar (RJ) tem projeto de restauração externa aprovado pelo Inepac

Obras devem ser iniciadas ainda este ano e envolvem arquitetos e paisagistas de peso

Restauração da casa começou pela área interna

Albamar, restaurantes no Rio de Janeiro

Depois de concluir em um ano uma ampla reforma em sua área interna, o Albamar - tradicional restaurante do Rio de Janeiro - retomará as obras, desta vez envolvendo a face externa do prédio que no passado abrigou o Mercado Municipal da Praça Quinze. Ocupando a única torre que restou da antiga construção, inaugurada em 1908, o restaurante acaba de obter aprovação do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) e espera dar início à reforma ainda este ano. O projeto contempla a restauração das varandas, portas, janelas e a cúpula da torre.

A obra se estenderá ao paisagismo do entorno, que ganhará jardins, banquinhos e fonte. Envolvidos com os projetos estão nomes de peso como o do arquiteto Chicô Gouveia, do designer e iluminador Peter Gasper, além de profissionais do escritório de Burle Marx, entre outros.

Propriedade da Rio Previdência, o histórico imóvel, tombado pela união em 1962, tornou-se uma bem sucedida parceria público privada, quando os sócios Luiz Incao, ex-chef do Copacabana Palace, e o empresário Paulo Corrêa venceram a licitação promovida pelo Estado no final de 2008 e adquiriram a marca Albamar. A revitalização vai tornar ainda mais agradável o nobre local, com vista para a Baía da Guanabara, um dos cartões postais do Rio de Janeiro. “Conseguimos renovar a tradição do Albamar”, festeja o sócio Paulo Corrêa.

À frente da gerência de Alimentos e Bebidas do Albamar está Marcio de Freitas Tamiozzo, ou Freitas, como é mais conhecido no meio da hotelaria, onde iniciou a carreira antes de optar pela especialização em gastronomia.

O restaurante ocupará o segundo andar totalmente remodelado, sem perder as características originais. As mudanças incluem novo mobiliário, assim como toalhas, louças e cristais; novo cardápio e carta de vinhos; além de réplicas de luminárias de um dos salões do Grand Palais, em Paris. As paredes têm o mesmo tom de verde escuro da fachada, com detalhes em vermelho. Um grande balcão de madeira e metal, releitura dos restaurantes do Centro do Rio no início do século, facilitou o trabalho dos garçons, que podem usá-lo para pousar e recolher pratos. Outra novidade é o bar, também em madeira e aço e espelho revestindo a parede.

No andar térreo, com vista para o mar, funcionará um café, bar e osteria, com atendimento que começará com café da manhã para, no final da tarde, se transformar em um Bar de Ostras. O Salão de Eventos Albamar, inaugurado no final do ano passado, atuará como espaço multiuso. Climatizado, tem capacidade para 120 pessoas sentadas, além de cozinha própria. O espaço serve aos mais variados tipos de comemorações personalizadas de empresas, entidades e clientes. Palestras, apresentações, degustações de vinhos, aniversários, confraternizações, casamentos e até peça de teatro já aconteceram ou estão agendados para os próximos meses.

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook