hotelnews

busca

2017
17
07

Brunch movimenta restaurantes de hotéis e atrai o público externo

Conheça empreendimentos que apostam nesse formato

Brunch, A&B

O brunch é uma refeição que combina elementos do café da manhã (breakfast, em inglês) e do almoço (lunch, em inglês). Por conta disso, o cardápio pode incluir itens como ovos mexidos, panquecas, waffles, bolos e até mesmo carnes e massas. Em geral, essas refeições são oferecidas em hotéis aos finais de semana, feriados e/ou datas comemorativas.

   
O brunch do Grand Hyatt São Paulo é oferecido aos domingos

No Dia dos Pais de 2016, o Grand Hyatt São Paulo, na capital paulista, deu início ao Family Barbecue Brunch. O brunch é promovido aos domingos no restaurante C-Cultura Caseira e oferece bufê de saladas, queijos e frios, opções de pratos quentes, sobremesas, além de churrasco à beira da piscina, chopp à vontade, e atividades de lazer.

De acordo com o hotel, o brunch estimula as pessoas a experimentarem seus serviços de alimentação. Atualmente, 50% dos clientes são passantes e 50% hóspedes. Em datas comemorativas, o empreendimento oferece algumas atividades e opções diferentes. Na Páscoa, por exemplo, havia uma mesa de ovos de chocolate de unicórnios e, na Estação Callebaut, as crianças podiam criar seus próprios ovos. Para o Dia dos Pais (13 de agosto) o hotel oferece chopp artesanal a vontade e algumas surpresas.

   
No Emiliano o brunch é servido à la carte

Em 2008, o Emiliano decidiu oferece brunches aos finais de semana, para os clientes que gostam de acordar mais tarde e querem almoçar com a família ou amigos. A maioria dos clientes é de passantes, mas os hóspedes adoram ter essa opção. Ao contrário da maioria dos hotéis, no Emiliano esse serviço é à la carte e oferece opções com cara de café da manhã e de almoço, como ovos beneditinos, pães e massas, tudo acompanhado por sucos ou espumante a vontade.

   
O InterContinental São Paulo promova seu brunch desde 2000

No restaurante Tarsila, do InterContinental São Paulo, o brunch é uma aposta antiga e existe desde 2000. No início, a proposta era de servir como um intermédio entre o café da manhã e o almoço. Mas, ao decorrer dos anos, ela foi mudando e agora o bufê inclui pães, saladas, pratos quentes, mesa de sobremesas, estação de massas e espumante incluso. Recentemente, o cardápio passou a contar com vinho tinto e branco.

O brunch é oferecido todos os domingos, de 12h30 às 16h. De acordo com o hotel, eles conseguem, através do boca a boa, estimular os clientes que consomem no almoço ou jantar para conhecer o brunch. Cerca de 90% dos clientes do brunch são passantes.

   
No Hilton Morumbi, o brunch é frequentado por hóspedes e passantes

No Armazém Morumbi, do Hilton São Paulo Morumbi, o brunch tem como objetivo servir como ponto de encontro para todas as ocasiões, desde uma reunião descontraída até uma celebração entre amigos e familiares. O cardápio fica a cargo do chef Rodrigo Mezadri, que utiliza apenas ingredientes frescos, de agricultores locais.  

De acordo com o empreendimento, 60% dos clientes do brunch são externos e 40% são hóspedes. Para o hotel, a refeição pode estimular os clientes a experimentarem outros produtos e serviços que o Hilton São Paulo Morumbi oferece, como um jantar no Canvas Bar & Restaurante, um lanche rápido na cafeteria Caffè Cino ou até mesmo a Living Well, academia do hotel.

   
Brunch no JW Marriott Rio de Janeiro 

No JW Marriott Rio de Janeiro, o brunch é oferecido aos finais de semana, feriados e datas comemorativas, como a Páscoa. Nos fins de semana, a maior demanda é de hóspedes e, nas datas comemorativas, predomina o público local. No cardápio regular há opções como waffles, tapioca e panquecas. Em datas comemorativas, o hotel aposta em comidas "típicas", que tenham a ver com a celebração. 

De acordo com o hotel, apostar no brunch traz vantagens como aumentar a demanda de clientes do hotel, além de reduzir o desperdício de alimentos e otimizar o tempo de preparo, já que anula a demanda gerada pelo almoço. 

   
Brunch no Miramar by Windsor (Crédito: Tomas Rangel)

No último Dia das Mães, o Miramar by Windsor, localizado no Rio de Janeiro, decidiu voltar a oferecer brunch no restaurante Sá. A proposta do chef Paulo Góes é proporcionar uma refeição mais descontraída, com frutos do mar e espumante nacional.

De acordo com o empreendimento o brunch é o cartão de visita do chef e estimula os clientes a experimentar outros serviços.

*Por Lorena Amazonas 

Compartilhe:

  • Email
  • Postar no Twitter
  • Postar no Delicious
  • Postar no Technorati
  • Postar no Digg
  • Postar no Google
  • Postar no Facebook
  • Postar no Yahoo
  • Postar no Windows Live













código captcha



notícias relacionadas


hotelnews

privacidade e segurança Copyright 2000/2014 KRM Edições e Comércio Ltda
Site mantido por Lutimo | Studio

Instagram

Facebook